Afinal, por que Lampião virou cangaceiro? 8 informações que ninguém te conta sobre o Rei do Cangaço

alt="rei do cangaço"

O Rei do Cangaço é uma figura histórica que fascina e divide opiniões até hoje: por que Lampião virou cangaceiro? Quem eram os seus filhos? De onde vinha toda a sua munição?

Essas são apenas algumas dúvidas que cercam Virgulino Ferreira da Silva, descrito pelo jornal O Ceará como um homem magro, de estatura mediana, pele escura e cabelos fartos que liderou o maior bando da história do Cangaço!

E para você que é apaixonado por esse assunto, o post de hoje vai te contar não só por que Lampião virou cangaceiro, mas também algumas curiosidades que ninguém te contou sobre o mais famoso ícone do Cangaço.

Continue a leitura!

Por que Lampião virou cangaceiro? 8 CURIOSIDADES sobre o Rei do Cangaço

A seguir vamos revelar algumas informações polêmicas que muitos não sabem sobre o Rei do Cangaço, a começar pelo motivo por que Lampião virou cangaceiro:

  • Por que Lampião virou cangaceiro?

Reverenciado por alguns como a versão brasileira de Robin Hood, Virgulino Ferreira da Silva foi um humilde vaqueiro que teve o seu pai morto por abuso policial depois de uma briga: um dos grandes motivos por que Lampião virou cangaceiro.

Jurando vingança, não demorou até que o futuro Rei do Cangaço integrasse o bando do qual logo se tornaria líder, comprometendo-se a combater os setores privilegiados através de furtos, depredações e repasse de riquezas para os mais pobres.

alt="rei do cangaço"
Lampião, o homem que foi considerado o Rei do Cangaço – Foto: reprodução
  • Além de líder do Cangaço, um notável parteiro

Agora que você já sabe por que Lampião virou cangaceiro, talvez se surpreenda ao saber que o esposo de Maria Bonita fazia o parto das mulheres no cangaço, utilizando para isso sua experiência como vaqueiro!

Devido às condições adversas, as mulheres não tinham acesso a cuidados adequados durante e após o parto, e nem mesmo antes: elas estavam acostumadas com situações hostis, e na ausência de um profissional Lampião era a melhor escolha.

  • Religioso Ferrenho? (Sim, Lampião era um beato!!)

Por mais inusitado que pareça, Lampião era conhecido pela enorme reverência aos padres (especialmente o seu padrinho Padre Cícero Romão Batista!) e por sempre rezar aos meios-dias, de acordo com relatos de seus ex-colegas.

Ele também suspendia as operações durante a Semana Santa e praticava jejum às sextas-feiras: sua religiosidade era típica do Catolicismo dos antigos sertões, estando a sua fé centrada na tentativa de manter o corpo “fechado”.

  • O pai da Princesa do Cangaço

Em 1932, Lampião e Maria Bonita tiveram uma filha chamada Expedita: como era comum no Cangaço, foi preciso entregá-la à tutela do seu tio João Ferreira, e tudo isso foi conduzido discretamente como um verdadeiro segredo de Estado.

alt="rei do cangaço"
Expedita: filha de Lampião, o Rei do Cangaço – Foto: reprodução
  • Um dos maiores apreciadores de perfumes!

Banhos eram escassos, mas Lampião se destacava por usar caríssimos perfumes franceses em grandes quantidades: misturado ao cheiro do suor e da brilhantina no cabelo, o odor resultante se tornou marca registrada do Cangaço.

E olha que legal: há relatos de que – para melhorar o aroma do bando – o Rei do Cangaço aplicava esses perfumes até mesmo nos animais de tração (por essa ninguém esperava, não é mesmo?!).

  • Superpoderes?!

Explicar como Lampião escapava sem deixar rastros era uma tarefa tão impossível que chegavam a considerá-lo detentor de habilidades sobre-humanas (dá para acreditar??).

E por mais tentadora que pareça essa teoria, o verdadeiro superpoder do Rei do Cangaço eram as suas estratégias mirabolantes:

Com expedições extremamente meticulosas, o bando apagava os próprios rastros das maneiras mais inusitadas, andando até mesmo de trás para a frente como forma de enganar os perseguidores!

  • Inimigo do Progresso

Lampião dependia do isolamento, do difícil transporte e do baixo fluxo de informação nos sertões, então não hesitou em combater a construção de estradas, incendiar estações de trem e cortar fios de telegrafia.

Em agosto de 1929, a construção da estrada entre Juazeiro e Santo Antônio da Glória foi temporariamente interrompida por ameaças do bando, que atacou o local e matou 9 trabalhadores assim que a obra foi retomada.

  • De onde vinha tanta munição?

A munição era utilizada pelo mando sem qualquer economia, e não é à toa que sua origem levantava tantas suspeitas: esse é até hoje um dos grandes mistérios do bando, que guardou o segredo em 7 chaves!

No entanto, é possível supor que essa origem esteja vinculada à conexão com autoridades do Sertão e do Agreste: como ele tinha relações com fazendeiros, políticos, coronéis e comerciantes, é razoável supor que esses contatos lhe fornecessem recursos.

Agora que você já sabe como Lampião virou cangaceiro e mais algumas das suas grandes curiosidades, conta para a gente: você já está por dentro dos motivos para conhecer Piranhas??

Então clique no link acima e descubra por que Lapinha do Sertão é um destino obrigatório para os fãs do Cangaço!

Picture of Conheça Piranhas

Conheça Piranhas

Deixe Piranhas conhecer você!

Compartilhe nas mídias:
Facebook
Email
WhatsApp

Menu

Abrir bate-papo
Bem-vindo à Conheça Piranhas! 🚤🌅

Pronto para uma experiência incrível? Fale com a gente no WhatsApp e planeje seu passeio! 📲